1.11.05

Pelo sim e pelo não vamos de Halloween


Como não dá para ir ao México curtir o dia dos Mortos, entramos de cabeça na festa de Halloween do condomínio. Todo ano é feita uma festa no salão e depois a criançada sai de casa em casa pedindo doces. Para alegria da filhota, de nove anos, cuidei da decoração na frente da nossa casa. Um sucesso total! Eugênio, o fantasma, foi a melhor atração da rua.

2 comentários:

Roberson disse...

E o nosso presidente da Câmara com medo dos fantasmas do folclore americano quer criar o Dia do Saci, em substituição ao Halloween...
Ficou legal mesmo esse fantasminha.
Abração.

Pat disse...

Roberson,
Já pensou que legal o dia do Saci! É mesmo a cara do nosso presidente da Câmara! O próprio! hehehe
abraço e obrigada pela visita
pat