25.9.07

Pronto para encarar?




Há muito mais numa árvore do que podemos imaginar. Ela é um ser vivo como nós, que nasce, cresce e morre. Luta para sobreviver sem, no entanto, nos prejudicar, o que, por si só, já seria o suficiente para preservá-la. Mas, faz muito mais do que isso. Ela protege a terra e a vida nesse planeta. Preserva a umidade do ar, participando do ciclo hidrológico. Produz o oxigênio, mais necessário do que nunca, e consome grande parte do carbono emitido pelo homem. Há ainda as que fornecem frutos e flores, além de produtos medicinais e industriais.

Nesse dia 21 comemoramos o dia da árvore. Será que você está preparado para fazer a sua parte e contribuir com a melhora da qualidade de vida? Encontramos na internet um site que permite que você faça o seu cálculo de emissão de carbono. Você ficará surpreso com o número de árvores que precisa plantar anualmente para neutralizar sua participação na vida desse planeta.

Depois do teste, arregace as mangas e prepare seus dedos verdes. Se não puder plantar, participe de alguma Ong voltada à preservação da natureza. Seus filhos e netos vão agradecer.

Site em português da Ong Iniciativa Verde
http://www.thegreeninitiative.com/

13.9.07

Renan Calheiros - Mais uma vergonha nacional

Estou envergonhada e desapontada, mas há duas considerações a serem feitas sobre tudo isso. Se o Renan fosse condenado, passaria uma falsa integridade e retidão do Senado, que hoje sabemos que não existe. Assim, sendo absolvido, o Senado mostra a cara e o Brasil fica frente-a-frente com sua dura realidade.
Só espero que a nação não se esqueça disso daqui a 4 anos e mostre ao Sr. Renan Calheiros e aos demais senadores que, no final, é o povo quem decide quem vai e quem fica.
Este é o congresso (com letra minúscula mesmo!) que merecemos e este é o senado que merecemos. O que fazer para mudar tudo isso? EDUCAÇÃO!

p.s. Não vou por nenhuma foto do infeliz porque não vou contaminar meu blog. Bleargh!

11.9.07

Vamos fazer as contas da insanidade humana?



É chegado 11 de setembro, hora de levantar os números do genocídio humano da "guerra contra o terrorismo".

As contas americanas afirmam que o número de mortos ou desaparecidos do atentado de 9/11 é de 3.278, de acordo com estatísticas oficiais.

Mas, vale contar não só as perdas americanas nessa loucura, mas também as perdas iraquianas. Os números são assombrosos!
Fazendo uma simples busca na internet dá para achar muita coisa, como parte da matéria que separei abaixo.

"Alguns números, todos terríveis, podem ser hoje contabilizados, sendo que mudam e aumentam a cada dia, a cada minuto que prossegue a ocupação;
• Civis iraquianos mortos – 65.160;
• Militares americanos mortos – 3.217
• Média de ataques às forças da coalizão por semana – mil ataques
• Média de mortes por mês – mais de mil

Quantificar mortos não é tarefa fácil para um país em guerra e com um governo títere, a serviço dos americanos. Há uma ONG britânica, que tem uma página na Internet especializada em tentar cumprir essa tarefa (
www.iraqbodycount.org). (75 a 78 mil!) No entanto, uma instituição universitária respeita nos EUA, fez uma contagem de tipo diferente. Uma pesquisa séria, por amostragem domiciliar (usada no Brasil pelo IBGE a cada ano, quando não se entrevista, como no recenseamento, todas as pessoas da população, mas cerca de 10% dos domicílios). Indagaram nesses domicílios quantas pessoas haviam morrido em função da guerra, de qualquer causa diretamente relacionada com ela (na resistência, em atentados, defendendo o governo etc.). O número é assustador, chegando a mais de 650 mil pessoas, civis iraquianos mortos. Pessoalmente, confio muito mais nesse número, por levar em conta pesquisa direta com as famílias em suas residências."

Texto de Lejeune Mato Grosso, sociólogo da Fundação Unesp, arabista e professor. Vice-presidente do Sindicato dos Sociólogos, membro da Academia de Altos Estudos Ibero-árabe de Lisboa e da International Sociological Association